Vice-governador fala sobre Segurança e pendências na região no Almoço Empresarial

30/05/2019 9:35

De Secretaria ACIS

Sem Comentários


O vice- governador do Estado do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior, foi o palestrante do mês de maio do Almoço Empresarial da Associação Comercial Industrial e de Serviços (ACIS) de Sapucaia do Sul. Na quarta-feira, dia 29, o vice- governador, que acumula o cargo de secretário estadual de Segurança Pública, apresentou a palestra: RS Seguro e respondeu questionamentos sobre a continuidade das obras de duplicação da ERS 118, da contrapartida estadual para a construção da casa prisional no Município, entre outros temas relacionados com a cidade.

O presidente da ACIS, Douglas Santin, lembrou da promessa feita em período de campanha eleitoral, por Ranolfo, a qual teria se comprometido em ser um embaixador de Sapucaia do Sul no Palácio Piratini. “Contem sempre conosco, estaremos do lado do povo gaúcho, e a entidade estará à disposição, com o objetivo de contribuir com o desenvolvimento do Rio Grande”, salientou Santin.
Ranolfo detalhou os indicadores da criminalidade do Estado. “O empresário, o investidor, quando decide se instalar no Estado, certamente ele verifica a taxa de homicídios”, disse Ranolfo. “A vida humana é o bem supremo”, acrescentou. O prefeito Luis Rogério Link, entre outras autoridades, civis e militares da região, prestigiaram o Almoço Empresarial. Os patrocinadores do evento foram: Postos JA, Vila Rica Imóveis, Postos Le Mans, Chico Imóveis, Banco Sicredi, Imobiliária Rubaski, Faculdades Equipe/ Anhanguera, CK Tur Agência de Turismo, JR Auto Peças, Floricultura Beleza Pura, Projex.

ERS 118 – Sobre a rodovia ERS 118, o vice-governador destacou que o mês de junho será fundamental para o Estado buscar uma fonte de financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), visando concluir a obra da ERS 118. “Se conseguirmos isto, e teremos a resposta até o final de julho, com certeza, os Municípios serão os primeiros a serem comunicados e concluiremos a obra”, salientou.

CONTRAPARTIDAS – Questionado pelo vice-presidente Jurídico da ACIS, Roger Eridson Dorneles, sobre a construção de um quartel para o 33° BPM Batalhão de Polícia Militar (uma das contrapartidas estabelecidas para a efetivação da obra da construção do presídio em Sapucaia do Sul), o qual está em um acordo firmado pelo governador Sartori, de que a obra iniciaria 18 meses após o término da obra da casa prisional, o vice-governador respondeu que acordo é acordo, e que o governo fará o máximo para cumprir esta e todas as outras contrapartidas estabelecidas em contrato.



Sapucaia, 24 de Junho de 2019

° C

km/h VENTO M�X

Previsão para os próximos dias

Informações meteorológicas fornecidas pelo Google Weather e sujeitas a disponibilidade do seu serviço.